Lépida e Leve

Lépida e leve
em teu labor que, de expressões à míngua,
O verso não descreve...
Lépida e leve,
guardas, ó língua, em seu labor,
gostos de afagos de sabor.


És tão mansa e macia,
que teu nome a ti mesmo acaricia,
que teu nome por ti roça, flexuosamente,
como rítmica serpente,
e se faz menos rudo,
o vocábulo, ao teu contacto de veludo.


Dominadora do desejo humano,
estatuária da palavra,
ódio, paixão, mentira, desengano,
por ti que incêndio no Universo lavra!...
És o réptil que voa,
o divino pecado
que as asas musicais, às vezes, solta, à toa,
e que a Terra povoa e despovoa,
quando é de seu agrado.


Sol dos ouvidos, sabiá do tato,
ó língua-idéia, ó língua-sensação,
em que olvido insensato,
em que tolo recato,
te hão deixado o louvor, a exaltação!


— Tu que irradiar pudeste os mais formosos poemas!
— Tu que orquestrar soubeste as carícias supremas!
Dás corpo ao beijo, dás antera à boca, és um tateio de
alucinação,
és o elástico da alma... Ó minha louca
língua, do meu Amor penetra a boca,
passa-lhe em todo senso tua mão,
enche-o de mim, deixa-me oca...
— Tenho certeza, minha louca,
de lhe dar a morder em ti meu coração!...


Língua do meu Amor velosa e doce,
que me convences de que sou frase,
que me contornas, que me veste quase,
como se o corpo meu de ti vindo me fosse.
Língua que me cativas, que me enleias
os surtos de ave estranha,
em linhas longas de invisíveis teias,
de que és, há tanto, habilidosa aranha...


Língua-lâmina, língua-labareda,
língua-linfa, coleando, em deslizes de seda...
Força inféria e divina
faz com que o bem e o mal resumas,
língua-cáustica, língua-cocaína,
língua de mel, língua de plumas?...


Amo-te as sugestões gloriosas e funestas,
amo-te como todas as mulheres
te amam, ó língua-lama, ó língua-resplendor,
pela carne de som que à idéia emprestas
e pelas frases mudas que proferes
nos silêncios de Amor!

(Gilka Machado)

Respeite os direitos autorais



Postado por: Alexia Moreira ás 20h56
[ ]

[ envie esta mensagem ]





Vaidade

Sonho que sou a Poetisa eleita,
Aquela que diz tudo e tudo sabe,
Que tem a inspiração pura e perfeita,
Que reúne num verso a imensidade!

Sonho que um verso meu tem claridade
Para encher todo o mundo! E que deleita
Mesmo aqueles que morrem de saudade!
Mesmo os de alma profunda e insatisfeita!

Sonho que sou Alguém cá neste mundo...
Aquela de saber vasto e profundo,
Aos pés de quem a terra anda curvada!

E quando mais no céu eu vou sonhando,
         E quando mais no alto ando voando,Acordo do meu sonho..
     E não sou nada!...

(Florbela Espanca)

Respeite os direitos autorais



Postado por: Alexia Moreira ás 20h41
[ ]

[ envie esta mensagem ]







 



 





" Assim Sou Eu "

Sou como todo mundo
Dias felizes...Dias tristes
Horas rindo... Outras chorando
Amo e sou amada
Sou de tudo um pouco e assim vou levando!
Não sou Poetisa, apenas rabiscos meus sonhos
Ilusão e desilusão!
Mas tudo que faço ,vem do coração.

É! Assim sou eu!

Tenho meus defeitos e deslizes
Mas supero-os com meus encantos
Que podem não ser tantos,
Mas quem se importa?
O importante mesmo,
É que habita em meu ser um amor à vida,
E uma imensa vontade de viver!



Copyright Alexia Moreira©
Todos os Direitos Reservados




Meu nome é Alexia Moreira Sou de São Paulo mas atualmente moro em Americana/SP!

Meu niver é 03/05

Sou do signo de Touro, portanto sou extremamente possessiva e ultra ciumenta...rs, mas tenho minhas qualidades (e claro, defeitos)!

Procuro está sempre de bem com a vida e com as pessoas!

Amo A natureza os animais, meus amigos, família e todo ser humano do bem!

Abomino *Falsidade* *Hipocresia* e *Mentira*

Adoro música (um pouco de cada estilo) Dançar e passeios em geral, pois gosto de conhecer pessoas e lugares diferentes!

Bem, este é um pouquinho do meu perfil, um pouquinho de mim!

Espero que gostem do meu Blog e também da minha pessoinha...rs

Beijos e Abraços a todos com muito Amor e Carinho!